top of page

PROPÓSITO DE VIDA APÓS OS 50 ANOS


Contexto da live realizada para a empresa Super Cérebro por Edilmere Sprada no dia 14 de julho de 2022

Endereço no You Tube da apresentação: https://bit.ly/super-live-14-jul


Ao completarmos 50 anos vêm na cabeça de muitos que estamos na metade de uma vida talvez projetada a chegar ao centenário (100 anos), por isso, alguns dizem que chegaram no meio século de vida, e você não está sozinho/a!


Só para conhecimento atualmente já ultrapassamos 55 milhões de pessoas com 50 anos.


Chegar aos 50 anos e se deparar com uma possível ou já instalada mudança de carreira é fato para muitas pessoas. Para as mulheres são tantos os desafios, tem a maternidade x carreira junto em alguns casos, sem esquecer que nesta época a bagunça hormonal se instala. Também é um momento em que os filhos cresceram e a carreira ou continua bem obrigado, ou, tudo muda e é bem este o momento para olhar para si mesma, mas com outros olhos. Refazer as contas mentais do que precisa fazer e realizar por nós mesmas.


Para os homens, muitas vezes se torna um problema instalado e não processado anteriormente. Sim, trabalhou por 30, 40 anos em uma empresa e poucas vezes se preparou, pensou ou imaginou como será o seu futuro. Alguns se aposentam até antes dos 50 anos, sem realmente imaginar que ainda podem ser produtivos o mesmo tempo de carreira já realizada. Como não foi programado nada, aí vem o vazio. Antes deste momento ou se ele já chegou é onde se tem que buscar algo dentro de si mesmo.


Aos 50 anos aparece sem convite, um determinado momento em que a ficha cai, para alguns é onde o sentido muda tudo, muda um pouco a visão da vida e para onde vamos vem a preocupação, ou seja, a reflexão de quem fui, quem dou agora, o que ganhei até aqui, para onde vou ou vão me levar (isso se você deixar!). Sem falar que a tal palavra que muitos associam ao envelhecimento é a morte, e como disse a Dra. Ana Cláudia Quintana Arantes em seu livro onde o título diz tudo: “A morte é um dia que vale a pena ser vivido”.


Eu, quando fiz 50 anos alguém me disse - fica tranquila, agora você tem que planejar seus próximos 30 anos de trabalho. Sério! - respondi. Mas aquilo foi que como uma pílula para meu futuro, ali parei para pensar que sim, tenho ainda muito que produzir, criar, inovar..., mas tem momentos da vida que queremos a aposentadoria como se fosse um prêmio, sem perceber que o sinônimo dela é ficar em um aposento, estacionar, fora o desejo desenfreado de viajar o mundo, passar horas pescando para alguns e nunca mais se preocupar com nada. Puro sonho este. A realidade mostra outro cenário.


Não é assim que acontece, não neste tempo que vivemos, onde chegar aos 50 anos é como se tudo se renovasse, novos modos de pensamento se instalam, estes agora com uma sabedoria ímpar, um conhecimento fantástico acumulado e que vale ouro, afinal vivemos dentre os 50 anos, tirando a infância e parte da adolescência, em média 30 anos aprendendo e produzindo, adquirindo tantas coisas no caminho e isso tudo tem valor, e um valor que não tem preço, é rico demais para deixar em uma caixa guardada na memória ou em centenas de certificados, honrarias e medalhas. Se você não conseguiu medalhas, não tem problema, conseguiu evoluir o que são medalhas de ouro na vida.


Isso que acontece para aqueles e aquelas que querem VIVER, que aproveitaram cada segundo, entendendo que educação faz o futuro, que respeito é tudo que merecemos e que o amor dever ser uma constante em todas as nossas ações.


Certo que vivemos muito já, 50 anos mostra que temos que: renovar os objetivos, buscar novas metas e realizar as vezes aquilo que jamais deu tempo para fazer, pois eram tantas coisas acumuladas que tínhamos. Agora se tudo estiver de acordo com o que merecemos, saúde em todos os aspectos (física, mental, espiritual, social, financeira e emocional) ou em no máximo 3 destes quesitos, tem-se muito ainda pela frente para descobrir.


PROPÓSITO – O que ele tem de importante nesta metade da vida?

Sabe aqueles sonhos lá de trás? Aquelas vontades gostosas que não realizamos? Aquele momento que precisávamos, mas o tempo não deu brecha? Aquele tempo para a gente mesmo? É agora que juntando tudo isso iniciamos o que chamamos de propósito.


Na palavra ele significa finalidade, intenção, aquilo que se busca alcançar. Mas vêm com um selo a mais que importa: você! Antes preparava-se projetos, agora é o propósito que interessa, alcançar aquilo que é para envolver o que você ama e que te faz feliz, simples. Não existe a obrigação de cumprir metas para os outros, agora é para você! Talvez esse seja o segredo de viver mais e melhor. Até a ciência já estudou isso em relação a longevidade![1].


Alcançar algo na vida que possa fazer a diferença não somente para você, mas para a sociedade, para o planeta! Isso é se manter ativo, saudável, sustentar um valor social e um discernimento de relevância.


Ano passado resolvi encarar mais um desafio quando me perguntaram: O que te inspira ao acordar todos os dias após os 50 anos? Uma pergunta que parece fácil de ser respondida, mas quando resolvemos escrever literalmente o significado disso tudo, mil e um pensamentos aparecem, passa uma lista de coisas, mas para levar essas respostas à outras pessoas tem que se autoconhecer muito. Foi aí que saiu meu segundo capítulo em um livro, mas esse falando da minha pessoa – “Vida, um projeto contínuo...”no LIVRO DAS INSPIRAÇÕES, produzido pela Reality Books com 30 autores, cada um deixando ali a sua inspiração. Fantástico inspirar isso em outras pessoas, tente você também. Quem sabe sai com isso um livro inteiro sobre suas inspirações nesta vida. Vale a pena tentar e agir buscando suas inspirações.


O que muda nesta transição da vida é exatamente aquilo que você quer que mude. Escrever um capítulo ou dois ou mesmo um livro já é uma mudança, deixe algo para que os outros leiam sobre você.


Estas mudanças podem ser o pontapé que precisamos para dar coragem e realizar aquilo que sentimos no coração e que pode e deve colocar em prática. São imensas as proporções que isso pode tomar, até empreender pode ser um caminho inovador aos 50 anos ou mais. Grandes empresários começaram após os 50 anos, deve ter nisso um propósito maior[2].


Dicas são boas sempre, mas se não tomarmos consciência real daquilo que queremos realizar nesta vinda fica difícil aceitar o que recebe. Digamos que se você já puder realizar algo que ame de verdade é um ponto, mas o início mesmo é o AUTOCONHECIMENTO.


Jamais esqueça do lazer, da diversão, este é imprescindível para sua saúde mental e física também, não faça mais como antes, sem tempo para isso ou para aquilo. Inclua até aquilo que você jamais imaginou ser capaz de fazer, mas lembre-se você é capaz e cada desafio é uma conquista. Vejamos, você já realizou algum tipo de artesanato? Pintura? Não? Tente e sinta a diferença. Quando se trabalha muito com a mente e de repente realiza algo com as mãos, é surpreendente. Ou ao contrário, se você trabalhou sempre com as mãos tente algo como lidar com as tecnologias de hoje, elas têm muito a nos ensinar. E que tal fazer algo pela primeira vez na sua vida, quem sabe viajar sozinho! Ter um momento só seu, único e exclusivo. Afinal, você merece!


Outra dica é estar presente consigo mesmo, ter um tempo para você olhar diretamente nos seus olhos, meditar, silenciar. Certeza de que isso você não teve tempo antes, se teve, parabéns, continue.!


Estar conectado com pessoas de várias idades é uma das bases para o propósito sair do papel, esta pode ser uma forma de traçar um novo caminho, ter novas amizades, se integrar com o que está acontecendo atualmente, se reintegrar no mercado, nas tecnologias etc.


Se reinventar requer coragem, mas disso todo 50+ tem de sobra, chegar até aqui foi coragem que mais utilizou, e não pode ter acabado o combustível, e sim, deve encher mais um tanque de 50 anos no mínimo.

Essa transformação interior é voltada para a construção de uma nova etapa a ser realizada, revela predisposição e motivação de investir seu futuro tempo, no autodesenvolvimento e buscar uma oportunidade de se conhecer mais, confiar mais em si próprio. É um momento mágico que vale a pena ser vivido. Então? Como gostaria de viver daqui pra frente?


Ahhh não esqueça de preencher este propósito em vida, lembrando que o que um dia já ouvi: “VIVER NÃO SIGNIFICA SEM MANTER VIVO, E SIM SENTIR-SE VIVO”.


Até breve,

Deixe seus comentários ou relatos, estamos aprendendo com cada ser neste planeta maravilhoso chamado Terra.




19 visualizações
bottom of page